domingo, 27 de fevereiro de 2011

Delicia ler essa postagem que Ana descreveu ....

Eu continuo mamãe Relax Ana. Na maternidade, mesmo estando super bem, o Erik tinha que esperar a pediatra o liberar 48 horas depois do nascimento. As enfermeiras continuaram elogiando nosso bom humor já que no último dia normalmente todo mundo que ir para casa o mais rápido possível, mas eu não. Adivinha por que? Comida boa, recebendo vários elogios, sem precisar pagar a conta, nem das refeições, e as refeições muito bem servidas com sorvete, mousse, iogurte, etc... Então... apesar de ter recebido alta as 7 da manhã, conforme a pediatra já tinha me informado no dia anterior, eu pedi para ficar até depois do almoço, e assim, poder me despedir do último rango gostoso, servido na bandeja e toda a mordomia kkk


E assim foi. Eu, Ivens e Mara almoçamos e comecei a fazer as malas novamente. Tomei mais um banho bem relaxante, me arrumei com calma, a Mara colocou Simply Red ("For you baby") e aí ficou melhor ainda! Foi uma despedida, transição do momento do local do parto para A nossa casa com muita emoção e pouca expectativa. Estava aberta para a nossa vida juntos em casa. E como o papai disse, "enfim, em casa e do nosso jeito!". Chegamos em casa por volta das 16 horas. Estava uma bagunça, mas tão tranquilo, tão gostoso e fomos dormir, eu, Erik e Ivens. O Erik dormiu no meu colo e algumas horas depois, a primeira mamada em casa.

2 comentários:

Roberta Marques disse...

Oie...
realmente esta postagem da Aninha nos faz querer ter cinquenta filhos de tão linda que é!
Parabéns pelo trabalho de vocês!

Um abraço,

Roberta
http://www.estamosjuntoseoqueimporta.blogspot.com/

Ana Claudia de Moura Becker disse...

Sumidaaaa...estou com muitas saudades de vc. Se antes eu era grata a ti, agora sou mais ainda...impressionante como o amor cresce em nós quando achamos que já amamos e pronto.

Mande notícias amoreee!!
bjssss